quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Palavras...

Hoje as palavras de minha querida amiga "virtual" Marcia me caíram como uma luva... Decidi "roubá-las" para dividir com vocês, espero que gostem.


Não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto.


Sei que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência.


Não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.

Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos.

Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida.

Que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles.

Aprendi... Que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que menos esperava e que nem imaginava.

Eu aprendi que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, que eu tenho que me acostumar com isso.

Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.
e que perdoar exige muita prática.


Que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto.


Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes.

E QUE PALAVRAS DE AMOR PERDEM O SENTIDO, QUANDO USADAS SEM CRITÉRIO

3 comentários:

Quinha disse...

Lindíssimo Isadora!
Nossa,faz a gente refletir.
Muito bom para começar o ano né?
Beijos querida!

Vanessa B.M. disse...

Lindo texto. Mudei a minha enquete de lugar na página, assim como vc fez com a sua. Tomara que aumente os votos! Sou muito curiosa para saber quem me visita... hehe
Bjs.

croche fascínio disse...

O brigada pela sua visita, também achei o seu blog muito legal, com certeza vou tirar muitas idéias...
Beijos com todo carinho...
Cleide

Leia também:

Related Posts with Thumbnails