sábado, 6 de dezembro de 2014

Por um Natal mais ecologicamente correto

Não concordo muito com esse consumismo desenfreado das datas comemorativas: Natal, Dia das Mães, etc. Não gosto da "obrigação" de dar presentes, comprar, comprar, comprar... Shoppings e ruas lotados, pessoas correndo como se o mundo fosse acabar amanhã. Compra-se qualquer lembrancinha "made in China" que a pessoa abre, diz que gostou e joga fora no dia seguinte. Brinquedos caros para crianças que mal sabem andar de bicicleta e nunca subiram numa árvore, coisas "da moda" - roupas, celulares... E uma das coisas que me dá mais nervoso nisso tudo são as embalagens. Quanto plástico, quanto saco prateado, quanto celofane gerando lixo para o planeta!

Dou presentes para poucas pessoas, e sempre penso em algo que seja útil ou que a pessoa realmente goste. Ano passado fiz as embalagens com juta, de uma sobra da festa da filha de uma amiga, mas faz muita sujeira - fiquei até preocupada com aquela poeirinha entrando na máquina de costura. Este ano parti para o reaproveitável saquinho de pano. 

São rápidos de fazer, e podem ser feitos com qualquer sobra de tecido. Usei jeans reciclado, tricoline, chita (que é uma opção mais barata e que eu acho uma graça!). Em alguns coloquei apliques. 

Se o presente também for de pano, legal combinar o tecido do presente com o saquinho.



Também dá para reaproveitar as sacolas de presentes que a gente ganha, algumas são bem bonitas, é só dar um jeito de esconder o nome da loja. Esta aqui cobri com fuxicos.


E por falar em chita, repito aqui um presente bem legal e ecologicamente correto, as ecobags dobráveis. São uma excelente ideia, fáceis de fazer e sempre agradam.


Espero que tenham gostado das ideias! Abraços!!

5 comentários:

Luciana F. Damiano disse...

Tudo sensacional!
Texto, fotos e presentes, e dicas, eu adorei, parabéns!!

Marcia Galti disse...

Isadora, concordo com vc em tudo que disseste sobre estas datas. Detesto ter que sair e ver a correria como se tudo fosse acabar, nossa, pior que é somente pelo consumismo mesmo. Adorei as peças que fizeste.
Fiquei de escolher algumas coisas para comprar de você e da Luciana, e nada amiga, mas me aguarde durante o ano. Minha filha não para mais de ficar doente. Agora está com estomatite, to quase louca aqui. A medica disse que tem mais 5 dias de choro e febre...mas tudo bem, devagar e sempre.
Um beijo

Izabel Biali disse...

Tudo muito bonito.A embalagem valoriza mais o presente, e também nada se joga fora.
Parabèns
Bjo.

Nina Dias disse...

Realmenta Dora, é uma loucura, já faz anos que confecciono os presentes de natal e só a embalagem eu não consigo fazer por falta de tempo mesmo, mas vou otimizar meu tempo, fazendo o presente e embalagem juntos, assim já vou embalando tudo na hora! Amei suas ideias. Bia
Nina

Lete disse...

Dorinha, adorei as ideias!
Concordo plenamente contigo e tenho de me habituar a fazer embalagens de tecido, bem mais fofas e ecológicas!
Também não comemoro datas especiais, tenho um certo carinho por algumas, mas não corro, nem nunca corri atrás de presentes, sem antes refletir no que realmente interessa. E o que realmente interessa está dentro de nós, não naquilo que adquirimos. Também dou poucos presentes, mas os que dou são sempre úteis e feitos por mim, nem que sejam pequeninos, o importante vai lá, o meu carinho, o meu amor e a minha dedicação naquela peça, para aquela pessoa especial. Se não tiver tempo, não faz mal, farei da próxima...os que me amam compreenderão que o que nos une não passa pelos bens materiais!
Mas que adoro fazer presentes, isso adoro, agora vou pensar nos saquinhos, sim!
A preocupação com o ambiente, tenho sempre e até dói ver tanto desperdício... :(((
Obrigada, minha querida e um beijinho carinhoso!

Leia também:

Related Posts with Thumbnails